Psicólogas alertam para se impor regras no uso das novas tecnologias para evitar aumento do número de crianças viciadas.

“Se por um lado se pedia contenção no uso dde das novas tecnologias, com a escola digital e o teletrabalho a ganharem protagonismo, actualmente parece que estamos perante o oposto”