Dia da Não Violência

2 DE OUTUBRO – DIA DA NÃO VIOLÊNCIA
(dia 30 de janeiro dia escolar da não violência)

A violência, de um modo geral, está entre as principais causas de morte em todo o mundo, em pessoas com idade compreendida entre os 15 e os 44 anos. Esta é definida, pela Organização Mundial da Saúde (OMS, 2002), como o uso intencional da força ou poder, contra si mesmo, outra pessoa, grupo ou comunidade, que ocasiona ou tem grandes probabilidades de ocasionar lesão, morte, dano psíquico, alterações do desenvolvimento ou privações.

Neste sentido é necessário refletir acerca da psicoeducação, como forma de prevenção de atos violentos no futuro das relações sociais e de intimidade.

A importância de agir cedo na prevenção da violência, deve-se ao facto de que só assim é possível desenvolver competências nas crianças que poder-se-ão manter na idade adulta. Estas competências dizem respeito à capacidade de comunicação e escuta ativa, contribuindo para uma melhor capacidade de resolução de conflitos, à adoção de estratégias de raciocínio específicas (pensar antes de agir) para uma melhor assertividade. Estas competências levam, também, ao desenvolvimento da capacidade de ponderação de fatores relevantes numa tomada de decisão para que esta seja responsável e à capacidade de diferenciação emocional para que os jovens sejam capazes de autonomamente identificar o que estão a sentir e compreender o que os outros sentem e pensam.

SARA MEDEIROS SOARES
PSICÓLOGA CDIJA